segunda-feira, 5 de abril de 2010

1 João 2

Esse texto nos diz para que não pequemos, porém, caso pequemos, Jesus é nosso advogado, ele nos defende. Isso é maravilhosos, pois isso nos dá uma orientação muito forte de como devemos agir perante o erro dos nossos irmãos: assim como Jesus, devemos interceder pelo irmão, buscar o bem dele. Essa é a liberdade que a Páscoa traz: A liberdade de sermos livres, através do perdão de Cristo, que morreu por nós e venceu a morte (essa ressurreução é justamente a celebração da Páscoa).

Quem conhece a Cristo, guarda seus ensinamentos, transforma seu entendimento e seu comportamento. Essa é uma palavra muito dura para nossa hipocrisia, pois muitas vezes temos buscado a Deus porque queremos os benefícios que ele nos traz: milagres, cura, alegria. Não há como conhecer a Deus sem obedecê-lo, seguir seus passos, imitá-lo. E ainda por cima, chegamos a cobrar de Deus, dizendo: Senhor, mas você não disse que ia me ajudar? Não basta crer, irmão. Se você quer permanecer nele, você deve gastar seus dias fazendo o que Jesus fez. Para você conhecer como Jesus andava, você precisa ler a Bíblia.

Quem diz estar na luz, mas odeia seu irmão, está mentindo. Se você está na luz, você ama seu irmão e em você não há tropeço. Vou repetir: Se você está na luz, você ama seu irmão. Se você está em Deus, Deus é o centro do seu universo e você se relaciona com seus irmãos nessa perspectiva. Dessa forma, como seus interesses não são o centro do seu universo, você não usa as pessoas para conseguir seus objetivos, mas você ama as vidas das pessoas, busca o benefício delas, porque é esse o interesse de Deus. Perceba aqui a diferença entre benefício próprio e interesse próprio: Agir em interrese próprio não lhe traz benefício, agir em benefício do irmão nem sempre traz ao seu irmão o que é o interesse dele, amém? Se o interesse do seu irmão é usar crack e por isso ele está lhe pedindo dinheiro no sinal, você corresponder ao interesse dele é agir contra o benefício dele. O mesmo acontece com seu relacionamento com Deus, às vezes Deus lhe dará um "não" que pra você é amargo, não é o que você queria, mas é para seu benefício.

O mundo vai criando certas armadilhas para que você afaste de Deus. Não ameis o mundo e as coisas que vem dele (amei as pessoas do mundo). Amar o mundo é andar sob as regras do mundo, as regras do salve-se quem puder, do cada um por si, da busca da sobrevivência e dos próprios interesses. O espírito do mundo é mesquinho, busca seu próprio interesse, e, ao mesmo tempo, é negligente, pois se for "dar trabalho", você não se interessa, então você deixa os irmãos de lado. O mundo é o apetite desenfreado, a ganância da carne, ganância dos olhos. Não ameis o mundo.

Existem muitas pessoas que tentam nos enganar, irmãos, e usam a palavra de Deus deturpada para fazer-nos seguir outro caminho, são inimigos de Cristo, ou anticristos. Você não conhecerá essas pessoas pela aparência delas, mas pelos frutos que ela dá, como ela leva a vida. Pessoas no nosso meio que "conhecem" a palavra de Deus e entrtanto, negam a Jesus como sendo o Cristo. Existem muitos anticristos, além do anticristo mencionado em Apocalipse. Portanto, tomemos cuidado com o nosso coração, comparando-o com a palavra e conformando-o a ela. Mas não julgue o irmão, ok? Pois não temos a capacidade espiritual de dicernir quem é joio e quem é trigo, não é? Trabalhe sempre para converter seu coração a Deus.

Viver a vida que Cristo viveu, irmão, não é apenas imitar Jesus, mas é ter Cristo como o elemento central na sua vida, pois foi ele quem lhe deu a vida e lhe livrou da morte. Quem nega o Filho, não conhece o Pai, mas quem cofessa o Filho já está no Pai.

Para trabalhar seu coração nesse sentido durante essa semana, procure identificar quais são os elementos da sua vida que não estão de acordo com a ótica de Cristo, que não te fazem viver uma vida em Cristo. A partir dessa avaliação, corrija os pontos que te afastam de Deus, amém? Tenham todos uma semana abençoada!

4 comentários:

  1. Bom demais Carol... seus textos sempre são uma benção!!! Que Deus nos ensine a ser verdadeiros cristãos...

    bjão e amu viu?!

    ResponderExcluir
  2. obrigada, querida, amém! Beijão e tb amu!

    ResponderExcluir
  3. Moçadinha,
    Paz e graça sobre a vida de todos. Estou acompanhando as palavras do blog aqui e tem sido bênção para mim. A cada semana tenho ficado mais alegre de ver o que tem Deus tem ministrado através da vida de vocês.

    Um abração a todos aí!!
    Júnior

    ResponderExcluir
  4. ô, Júnior, que bom que você está sempre conosco. Engraçado essa coisa de corpo de Cristo, né? Eu sinto mesmo que somos esse corpo, unidos no amor. Maravilha!!! Um abraço pra Mel, Pedrinho e você! Carol e Tuto

    ResponderExcluir